As Missões Populares Redentoristas, por meio de uma evangelização intensa, visam levar o povo de uma comunidade à conversão fundamental a fim de que, na comunidade, tenha vida de comunhão e participação. Procura animar e fazer os homens e mulheres viver a fé no Cristo Ressuscitado. Ao mesmo tempo, os missionários, vem realizar o mandato de Jesus. Desse modo, com animação missionária toda a Igreja local é convocada para este tempo especial. Ninguém é excluído e, se houver alguma preferência, deverá ser para os mais destituídos de auxílio material e espiritual, principalmente os mais pobres e mais humildes. Por isso mesmo, os missionários redentoristas não limitam o seu trabalho pastoral aos grandes centros urbanos, mas estendem sua ação missionária às comunidades rurais e periferias das cidades.

      Para facilitar o acesso de todos e principalmente visando a continuidade dos frutos da missão, as comunidades são subdivididas em pequenos grupos de 8 ou 10 famílias. Esses grupos formam verdadeiros núcleos MISSIONÁRIOS. O grupo de família promove a reunião das famílias para a oração em comum, reflexão bíblica, e despertando amizade, conhecimento mútuo e interesse pelos outros e pelos problemas comuns da vida dessas famílias.

       Depois da subdivisão da paróquia em comunidades e destas em grupos de famílias e depois de um mês de auto-evangelização, segue-se um tempo de pregação intensiva da palavra de Deus. Este tempo conta com a presença dos missionários redentoristas, padres e leigos. Os missionários se empenham na aplicação dos valores que vão levar à construção do REINO DE DEUS.

       Para que a sua ação missionária seja mais eficaz usarão de todos os recursos que os possam ajudar nesta missão: Ação dos meios de comunicação em suas variadas formas como faixas, cartazes, outdoors, rádio, TV e jornal. Os sistemas de alto-falantes e som volante mesmo "incomodando" um pouco conclamam o povo para a partilha do pão da palavra de Deus e da vida de comunidade.

       E os missionários usarão em muito da palavra, seja nas homilias, pregações, conferências e reuniões para que a palavra de Deus, da qual são os arautos, possa chegar a todos.

       Também nos dias das Santas Missões são promovidas reuniões e encontros especiais com todos os grupos humanos, nas diferentes idades e realidades como homens, mulheres, jovens, adolescentes e crianças. 

       Fora das igrejas e dos locais de celebração os missionários vão ao encontro dos doentes em suas casas, visitam escolas e estabelecimentos de ensino e vão ao encontro de grupos humanos como professores e profissionais liberais.

       Para que esta avalanche de mensagens da Palavra de Deus, passada em forma tão intensa, em tão poucos dias, não se torne por demais cansativa e enfadonha, é sempre entremeada por celebrações e cerimônias baseadas na religiosidade popular e por isso mesmo são de grande agrado da população, não cansam o povo e ao mesmo tempo servem também como propaganda dos atos das Santas Missões. Daí a realização de inúmeras procissões, passeatas, caminhadas e celebrações.

      Por isso mesmo, não se pode omitir o trabalho, seguramente mais espinhoso e cansativo para os missionários que é o acolhimento, o atendimento individual das pessoas e o aconselhamento.

 Por mais documentos, como crônicas e relatórios de missão que se façam, estes não poderão registrar a ação invisível da graça de Deus, da qual a missão é uma ocasião propícia de fazer acontecer. Mas... e depois? Parece-me ouvir o leitor perguntar. Não se reduzirá tudo isto a um "fogo de palha" ou algo como um carnaval, cujo brilho se extingue nas cinzas de uma quarta-feira? 

 Como garantia de continuidade nós temos pela frente a Pós-Missão, a fim de que, cessadas as fases iniciais (Pré-Missão e Tempo Forte da Missão) das Santas Missões, continuem eles como força de evangelização de uma paróquia, comunidades e grupos. Os grupos de famílias são formados exatamente para continuarem sendo sal, fermento, procurando se transformar numa pequena comunidade de base, unindo a sua fé com a vida, a vida e a ação com a oração.